Rota 173

Localizado em um complexo demográfico rodeado de montanhas e ruas calçadas por paralelepípedos provenientes de suas próprias pedreiras. Tem ouro no nome, mas pode crê é ouro de tolo. Esse blog foi criado para que os integrantes do Clã Rota 173,no qual tem como objetivos frequentar eventos e festivais de rock'n roll; fazer viagens com foco em diversão; observar os transeuntes e incorporar bordões; postar seus textos, fotos,vídeos, e quaisquer outras "bestages" que estiverem a fim.

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Análise do discurso Mensagem subliminar na letra do sertanejo universitário

Análise do refrão da canção "Seu Astral"

Eu viajei no seu olhar,
no teu sorriso, nos teus segredos.
Eu descobri o que é amar,
pelo toque dos seus beijos.

 No refrão acima notamos que o eu-lírico está amando uma pessoa. Se analisarmos a letra a fundo descobrimos quem é a pessoa amada pelo eu-lírico.
Vemos que o encontro de lábios já se denomina beijo, portanto não pode ser um toque. Notamos também que segredo não rima com beijo e sim com dedo, já que o encontro de dedos com alguma coisa chamamos de toque.  Por essa teoria teremos então:

Eu viajei no seu olhar,
no teu sorriso, nos teus segredos.
Eu descobri o que é amar,
pelo toque dos seus dedos.

Analisemos agora o 1° e o 2° verso "viajei no seu olhar e no teu sorriso" o eu-lírico parece ter um pouco de receio pelo olhar e pelo sorriso da pessoa a quem fez os versos. Imaginemos, quem usa o toque dos dedos é o médico proctologista e esses são famosos pelos seus olhares e sorrisos "maquiavélicos". Concluindo, o eu-lírico da canção se apaixona por um médico proctologista na hora de seu exame de toque.

5 comentários:

  1. Extremamente coerente!!
    O eu-lírico se encantou pelo proctologista. Não há análise melhor! :)

    ResponderExcluir
  2. Se fosse pra eu fazer uma análise pra faculdade não ficaria tão boa!kkk

    ResponderExcluir
  3. Nem conheço isso Hauhauhauha
    Mas gostei ;)

    ResponderExcluir