Rota 173

Localizado em um complexo demográfico rodeado de montanhas e ruas calçadas por paralelepípedos provenientes de suas próprias pedreiras. Tem ouro no nome, mas pode crê é ouro de tolo. Esse blog foi criado para que os integrantes do Clã Rota 173,no qual tem como objetivos frequentar eventos e festivais de rock'n roll; fazer viagens com foco em diversão; observar os transeuntes e incorporar bordões; postar seus textos, fotos,vídeos, e quaisquer outras "bestages" que estiverem a fim.

quinta-feira, 2 de junho de 2011

Orgias na caverna de Platão ( Parte 2 )

*obs: para compreensão deste texto deverá ler a parte 1.
Estava recontando a história de Lázaro, no qual, ele contava nas feiras de tabaco, sabor menta extra-refrescante e agora nova edição sabor kiwi, na Galiléia; o grande acontecimento realizado por Platão, que ficou conhecido como o “Mito da caverna”.
Agora vamos falar o que aconteceu no período entre a 6ª e 8ª lua.
Hermes narra:
“Os participantes permaneciam acorrentados, apenas uma única fresta de luz que ilumina a caverna, e que projeta sombras na parede. Alguns dos participantes já estão acreditando que só existe as sombras, a caverna e as correntes, a alienação é o que acontece.
Confrontos e intrigas estavam para acontecer no exato momento que Paris se interessou por Helena e disse:
– Helena vamos embora para Tróia, pois lá será um dia a rainha.
– Não Paris – disse Helena desentendida – Elvira é a rainha, eu sou a mulher de Menelau.
-Não se faça de tola – Paris se enfureceu com a ingenuidade de Helena – Menelau é apenas um guerreiro espartano, já eu em Tróia sou o maior, sou líder, sou O Sedutor – falou com um olhar de arrogância para Hercules – e sim, eu darei conta do hardcore.
Judas ao ouvir toda aquela conversa, foi logo falar com Menelau, o que fez despertar a ira de Esparta, e ameaçou invadir Tróia e degolar Paris.
Heitor que já estava alienado, e tentando entender tudo o que acontecia, disse:
– Aqui é Tróia? Esta caverna chama-se Tróia? O que é Tróia? – olhou para todos procurando a resposta, e Paris olhou-o com desprezo, o que fez Heitor dar de ombros.
Xena com sua bravura tentou ameniza toda a situação, mas fora interrompida pela manifestação de Dercy Gonçalves:
– Poooooooooorra!!! Vai brigar o caralho! O povo não quer ver briga, o povo quer ver a gente fazendo sacanagem – e naquele momento ela levantou sua blusa, deixando os seios à mostra.
Todos se espantaram, alguns ficaram horrorizados, outros nem tanto, Judas se enforcou, pois se sentiu culpado por tudo aquilo. E aquele silêncio todo fora quebrado por um grito:
– Cacildis!!! – Mussum olhou para Dercy com entusiasmo – essa sim é do sindicatis, é daquelas que vai à lutis, essa é companheiris.”
Hermes para sua narração para o aviso do patrocinador. “Zepelins Compani, a empresa de turismo que leva você para conhecer os dois cantos do mundo, já sonhou em descer as Cataratas do Niágara em um barril, então venha para Zepelins Compani, pois o nosso limite é a borda da Terra.”
Hermes continua:
“Em um canto da caverna estava Virgulino Ferreira, no qual se queixava para Maria Bonita sobre as atitudes estranhas de Gugu Liberato. Mas Gugu sempre respondia:
– Temos que ser liberais, olhaaaaaa!!! Experimentar coisas novas, olhaaaaaa!!! – e começou a cantar e dançar – meu pintinho amarelinho cabe...
No outro canto da caverna, Sandra Rosa Madalena disputava com Carmem Miranda quem é melhor na dança. Próximo delas estava Chiquinha, que tentava flertar com Hercules, e ele respondia com um sorriso malicioso, e ela toda tímida, disse:
– Hoje eu estou de buchinha – e olhou para Hercules, toda corada e dengosa – meu amor! – suspirou.
Uma enorme sombra se projetou na parede, e Heitor disse:
– Aquilo é Tróia?
– Cacildis, que buta panção! – disse Mussum ao ver que Preta Gil tinha deitado de barriga para cima.
Jô Soares procurava conversar e saber sobre um pouco da vida de cada um. E Paul Rabbit anotava todo o que acontecia, em plaquetas de madeira, para um dia, talvez, escrever um livro de literatura, e não de autoajuda com base em ficção.”
Gostaria que vocês leitores do blog continuassem votando, em quem deve sair da caverna, para darmos continuidade ao Big Brother Caverna.
Daqui até 14 luas...
Emílio do Zezé do Zé Vergino

11 comentários:

  1. Caramba... muito bom... SHOW....O Mussum é o grande comediante.... boto fé que o Mussum deve ficar... e o LIBERATO... TEM QUE SAIR...HEHEHEHEHE

    ResponderExcluir
  2. KKKKK ótimo texto... Que saia o pederasta entaum, ele tá muito sem graça.....

    ResponderExcluir
  3. Poe um mé pra Mussun e Dercy...So pra escutar o estalado do beiço...hehehehehheehe...é geléia,,,,,,

    ResponderExcluir
  4. Cara, me desculpa,
    Li as duas partes e confesso que não entendi.
    Abraço e bom final de semana.

    ResponderExcluir
  5. o HERMES, PORQUE TEM NOME DE PROFESSOR DE BIOLOGIA E NÃO DE MÚMIA HISTÓRICA DO MITO DA CAVERNA, A TODO CASO, VOCÊ ESCREVE BEM, PARABÉNS.

    ResponderExcluir
  6. Que história ein, no começo fui lendo e pensei ``Legal, tem a ver com história, mitologia e tals`` e ai depois fui vendo certos nomes e opa..perai...Dercy Gonçalves?????? WTF? Parabéns pela criatividade, rs.

    ResponderExcluir
  7. " - Poooooooooorra!!! Vai brigar o caralho! O povo não quer ver briga, o povo quer ver a gente fazendo sacanagem" >Eu ri nessa perte u.u
    Ficou bom (:

    ResponderExcluir
  8. Narrativa bem engraçada , principalmente pelos personagens que aparecem . seguindo seu blog , de uma passada no meu também


    http://fleonandthecity.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Criativo e original.
    Sucesso com o blog!

    ResponderExcluir
  10. trapalhoes,mitologia e sacanagem...como todo bom brasileiro gosta

    obrigado pelas visitas !

    ResponderExcluir
  11. Oie Sou Fábio Mariz do BLOG (Mariz.Moda), achei seu blog o máximo, já estou seguindo visite o nosso e seja um seguidor!

    #ABRAÇOS

    (http://www.marizmoda.blogspot.com)
    nossos twitter: @FabioMarizReal & @MarizModa

    ResponderExcluir